Alcançar os Objetivos Globais – Uma Comunidade de cada Vez

Alcançar os Objetivos Globais – Uma Comunidade de cada Vez

Data da publicação: 28/08/2017

Data e local

Dias 30 de setembro e 1 de outubro
biovilla – Vale dos Barris, Palmela

Programa

Inscrições

Workshop de dois dias altamente interativo e participativo que envolve os participantes – empresários, técnicos, docentes, investigadores, coordenadores, formadores, coaches, entre outros – em conversas sobre a relevância dos ODS utilizando um conjunto de Cartões de Implementação Comunitária dos ODS (Flashcards) com mais de 200 questões estruturadas dentro das quatro dimensões da abordagem sistémica do Gaia Education para a sustentabilidade: visão do mundo, social, ecológica e económica.

Os Cartões sobre os ODS foram concebidos para elevar a consciência a respeito dos ODS entre os atores regionais e nacionais e propõem um ambiente que fomente o processo de localização, apoiando a capacitação de agentes regionais em criar de forma integrada estratégias e planos de implantação dos ODS.

Duplo propósito da formação/preparação de facilitadores:
• Dar início a discussões focadas nas comunidades sobre a implementação em cada local dos ODS
• Formar pessoas para se tornarem facilitadores de tais discussões

O programa do workshop foi estruturado de modo a permitir que os participantes repliquem os treinos em formatos apropriados para trabalhos com grupos diversos, e também para capacitações personalizadas para órgãos governamentais, empresas, universidades, escolas e grupos comunitários das regiões.

Formadoras:

May East: é presidente executiva da Gaia Education e fellow no Instituto para a Formação e Desenvolvimento das Nações Unidas (em inglês, UNITAR). Natural do Brasil, vive na Ecovila Findhorn na Escócia desde 1992, onde assume os cargos de coordenadora de educação e diretora de relações internacionais entre a Fundação Findhorn, a Global Ecovillage Network e as Nações Unidas. É também diretora da CIFAL Findhorn, Centro de Formação associado da UNITAR, em Moray, Escócia. May East integra a listagem dos “100 Global Sustain Ability Leaders” da SASA e ABC Carbon e é especialista na criação de diretrizes para políticas de desenvolvimento sustentável, trabalhando a este nível com as Nações Unidas agências intergovernamentais e instituições de ensino. É formadora em quase 50 países, lidera projetos no âmbito da transculturalidade e sustentabilidade e é facilitadora de think tanks, mesas-redondas e programas de formação a nível internacional. May East tem vindo a liderar gerações de educadores para a sustentabilidade em vários países de diferentes estágios de desenvolvimento, seja em contexto urbano ou rural. É licenciada em Climate Change Diplomacy e tem um Master em Planeamento Espacial.

Sofia Santos: é doutorada em economia com foco no desenvolvimento sustentável com ligação aos riscos sociais e ambientais. Começou a sua carreira em 1997 no Merryl Lynch Bank em Londres. Criou em 2004 a sua primeira empresa de consultoria em responsabilidade social para as empresas e, em 2013, cofundou a SystemicSphere e a ONG “K-Evolution”. Já lançou três livros: “A Banca em Portugal e a Economia Verde” (2012), “A Banca tem Coração? As novas práticas de gestão necessárias para os bancos do futuro” (2015) e “Introdução à Economia Verde” (2016). Atualmente, é secretária geral da BCSD. (ver bio)

Informações adicionais:

– O workshop tem capacidade máxima de 25 participantes;
– Os participantes membros Biovilla e membros BCSD usufruem de um desconto de 20%;
– O valor de inscrição é 145€, incluindo 1 noite de alojamento em quarto partilhado (limitado a 12 pessoas), bem como todas as refeições e coffee-breaks. A quem não pretenda usufruir da noite de alojamento, será deduzido 20 euros ao valor da incrição.

 

2017-11-09T14:44:44+00:00