Grupo de trabalho competências verdes

Contexto

Objetivos

A economia verde é uma economia baixa em carbono, eficiente no uso de recursos e promotora de mais emprego e bem-estar. Tem sido identificada como uma fonte crítica de criação de emprego na Europa. De acordo com as estimativas, só a implementação de medidas de eficiência energética na União Europeia pode criar 2 milhões de empregos até 2020 e o desenvolvimento de fontes de energia renovável pode gerar 3 milhões de empregos até 2020. A Comissão Europeia estima que até 2020 possam ser criados 20 milhões de postos de trabalho verdes na Europa.

As políticas para uma economia de baixo carbono e eficiente no uso de recursos terão um peso considerável na economia, particularmente em setores com uma utilização intensa de carbono, onde será necessário adaptar as competências e os métodos de trabalho. A médio prazo, assistiremos à criação de novos empregos, a uma adaptação da grande maioria dos empregos atuais e à extinção de parte dos empregos existentes. Estudos publicados por diversas organizações indicam um saldo positivo na transição para a economia verde, com o número de empregos criados a superar largamente os empregos extintos. Dados positivos, mas que reforçam a necessidade de as empresas se prepararem e agirem atempadamente para garantir a disponibilidade de recursos humanos.

É nas competências necessárias para o sucesso das empresas no contexto de uma economia verde que o grupo de trabalho competências verdes está a trabalhar.

Promover a educação para o desenvolvimento sustentável junto das escolas e universidades para incutir os temas da sustentabilidade de forma transversal e integrada nas várias áreas do saber, contribuindo para preparar as novas gerações para uma economia verde e alertando para as necessidades futuras das empresas.

Redefinir o valor da educação, apoiando as empresas a refletir sobre o peso das competências verdes numa economia com mais preocupações com o baixo carbono e a utilização eficiente de recursos.

Explorar o potencial de criação de empregos verdes a médio prazo, identificado por vários estudos internacionais.

Resultados esperados

Produção de conhecimento sobre a importância das competências verdes para o desenvolvimento da economia nacional

Apesar de existir muito trabalho ao nível europeu, não existe informação nacional relativa ao potencial de criação de emprego da economia verde. Como este é um tema de enorme importância para as empresas, o BCSD vai contribuir para encontrar respostas para as seguintes perguntas:

• O que são competências verdes?
• Porque é que as competências verdes são determinantes para o desenvolvimento das empresas e para uma economia baixa em carbono?
• Quais as expectativas dos stakeholders sobre empregos verdes?
• Quais as necessidades de competências verdes em Portugal e na Europa até 2030?

Associados envolvidos

Parceiros