BCSD integra projeto de voluntariado ambiental à escala nacional

BCSD integra projeto de voluntariado ambiental à escala nacional

Data da publicação: 27/03/2018

O projeto LIFE VOLUNTEER ESCAPES – Volunteer with the European Solidarity Corps for Activities in Portugal with Ecological Sense é apoiado pelo Programa para o Ambiente e a Ação Climática (LIFE), arrancou a 1 de janeiro de 2018 e terá a duração de três anos. Prevê mobilizar e apoiar cerca de 200 voluntários, com idades entre os 18 e 30 anos, por períodos entre três meses e um ano, para atividades de conservação da natureza, biodiversidade e proteção ambiental que abrangem o território do Continente e Regiões Autónomas.

Os voluntários vão dar respostas a necessidades de conservação existentes e, simultaneamente, alavancar a dinamização de atividades de voluntariado com outros públicos, sejam empresas, escolas, IPSS ou público em geral. Ao longo dos três anos é esperado que consigam mobilizar mais de 100 instituições e 2.000 pessoas. Esta é uma forma de direcionar o European Solidarity Corps – iniciativa da união Europeia que cria oportunidades de voluntariado ou trabalho para jovens – para a conservação da natureza.

O BCSD vai integrar dois voluntários na equipa com dois objetivos: promover ações de sensibilização sobre a importância da proteção e conservação do capital natural para as empresas e as oportunidades e benefícios daí resultantes; partilha de boas práticas, junto de diferentes públicos alvo: empresas, instituições públicas, ONGs, start-ups e estudantes do ensino secundário.

Coordenado pela MONTIS – Associação de Conservação da Natureza, o projeto conta com o BCSD, Playsolutions, serviços da ARH-Algarve da APA, Município de Torres Vedras, Plantar uma Árvore, SPEA- Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, MARCA – Associação de Desenvolvimento Local e ROTA VICENTINA – Associação para a Promoção do Turismo de Natureza na Costa Alentejana e Vicentina. Conta ainda com o cofinanciamento dos Municípios de Montemor-o-Novo e Vila Pouca de Aguiar para atividades a desenvolver naqueles territórios.

2018-03-27T10:34:10+00:00