BCSD integra projeto europeu com foco na valoração dos serviços de ecossistemas florestais

BCSD integra projeto europeu com foco na valoração dos serviços de ecossistemas florestais

Data da publicação: 27/03/2018

Inovações para os serviços que as florestas fornecem à sociedade são o foco do Spurring INnovations for forest eCosystem SERvices in Europe (SINCERE), um novo projeto europeu financiado pelo programa Horizonte 2020 da Comissão Europeia, do qual o BCSD é parceiro beneficiário. SINCERE vai desenvolver novas políticas e novos modelos de negócios, através da interligação entre conhecimento e experiência prática, ciência e política, na Europa e outras geografias. SINCERE teve início a 1 de janeiro de 2018 e vai decorrer ao longo de quatro anos coordenado pelo EFI – European Forest Institute.

Dando resposta à procura crescente da sociedade por serviços como a produção de madeira, o recreio/turismo de natureza, a biodiversidade e o armazenamento de carbono, o projeto pretende identificar formas inovadoras de valorar e implementar estes “serviços de ecossistemas florestais“.

As inovações desenvolvidas através do SINCERE serão intencionalmente de natureza variável, com vista a contribuir para desbloquear o potencial das florestas numa transição para uma bio economia. Estas inovações serão replicáveis na Europa e noutras geografias e contribuirão para o desenvolvimento de um quadro político Europeu coordenado que venha a maximizar o valor dos serviços dos ecossistemas florestais e sua provisão sustentável para a sociedade.

O BCSD vai coliderar as atividades de comunicação e disseminação do projeto, das quais se salientam o envolvimento das empresas no projeto e a promoção dos resultados obtidos. O consórcio do SINCERE integra entidades da Alemanha, Bélgica, Croácia, Dinamarca, Espanha, Finlândia, Itália, Perú, Portugal, Rússia e Suíça, e receberá um financiamento de quatro milhões de Euros do programa H2020 da Comissão Europeia através da call RUR-05-2017, “Novas políticas públicas, modelos de negócio e mecanismos para o fornecimento sustentável e o pagamento de serviços de ecossistemas florestais”.

2018-03-27T09:03:47+00:00