Loading...

Grupo de Trabalho Bioeconomia

GT Bioeconomia2019-06-04T11:13:31+00:00

Desafio

A União Europeia lançou em 2012 uma Estratégia e um Plano de Ação para a Bioeconomia, com o objetivo de obter uma abordagem mais abrangente à forma como se produzem, consomem, transformam, armazenam, reciclam e descartam os recursos biológicos, no sentido de aumentar a eficiência na sua utilização e abrir novos mercados de produtos de base biológica.

Na agenda da política internacional a bioeconomia tem vindo a ganhar relevância e alinhamento com a economia circular

Mais recentemente, em outubro de 2018, a Estratégia Europeia foi atualizada, em alinhamento com os objetivos da Economia Circular, e assumindo um papel de relevo em três vertentes cruciais: uso sustentável de recursos, procura crescente de alimentos e energia e dissociação entre crescimento económico e degradação ambiental.

A Comissão apresentou, assim, um plano de ação para desenvolver uma bioeconomia sustentável e circular que pretende servir a sociedade, o ambiente e a economia da Europa e propõe a elaboração de estratégias nacionais e regionais neste domínio. A nível nacional, o processo de reflexão sobre a futura “Estratégia para a Bioeconomia em Portugal” já começou e está a ser liderado pelo Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral (GPP). Para saber mais, aceda aqui.

Bioeconomia

A Bioeconomia descreve a produção e utilização sustentáveis de recursos biológicos renováveis e visa complementar ou substituir os materiais baseados em recursos não renováveis, para alavancar a mudança para uma economia circular de baixo carbono, que atenda às necessidades atuais e futuras de alimentos, bens e energia.

Fonte: WBCSD, 2019.

Objetivos

Face a este contexto, foi criado no BCSD Portugal um grupo de trabalho (GT) dedicado à Bioeconomia, o qual tem os seguintes objetivos:

  • acompanhar a agenda europeia e nacional no da bioeconomia;
  • divulgar o conceito de bioeconomia;
  • promover a integração de forma mais expressiva dos temas da bioeconomia nas estratégias das empresas, nomeadamente através de:
    • divulgação de casos práticos;
    • promoção de iniciativas (por exemplo eventos) que facilitem o networking e a realização de parcerias entre empresas/projetos;
  • sensibilizar para a importância da gestão sustentável do Capital Natural na promoção da bioeconomia.

Iniciativas

  • Em dezembro de 2017, em Vila Real, realizou-se o workshop “Bioeconomy Marketplace: Oportunidades para o setor agroalimentar”, com o objetivo de partilhar informação prática sobre projetos empresariais de bioeconomia que estão em curso no âmbito do setor agroalimentar e, em particular, ligados à produção agrícola. Para saber mais, aceda aqui.
  • Participação na consulta pública europeia sobre a revisão da Estratégia Europeia de Bioeconomia. Veja aqui a resposta do BCSD Portugal.
  • O GT está também a preparar um documento for business sobre bioeconomia e serviços de ecossistemas, o qual, além de esclarecer e sensibilizar para a importância da bioeconomia para a resolução de alguns desafios societais globais (tais como o fornecimento de alimentos, outros bens e energia), integrará os resultados e conclusões do estudo realizado pelo BCSD Portugal junto de mais de 40 empresas associadas intitulado “Capital natural e as empresas” e casos de estudo empresariais de bioeconomia.

Membros envolvidos

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept