Pacto de Mobilidade Empresarial para a Cidade de Lisboa

Pacto de Mobilidade Empresarial para a Cidade de Lisboa2020-08-19T17:00:32+00:00

Desafio

A mobilidade urbana atravessa uma profunda transformação impulsionada por mudanças tecnológicas e culturais. Os cidadãos e os governos procuram soluções mais ecológicas e eficientes para responder às suas necessidades de mobilidade e, ao mesmo tempo, proteger o planeta.

Ora, nenhuma cidade, instituição ou empresa pode enfrentar este desafio individualmente. A colaboração é vital para alcançar o objetivo de catalisar ações que tornem a mobilidade na cidade mais sustentável.

Resumo

O Pacto de Mobilidade Empresarial para a Cidade de Lisboa (PMEL) é um compromisso promovido pelo WBCSD, pela Câmara Municipal de Lisboa (CML), pelo BCSD Portugal e pelas empresas e instituições signatárias.

Visa contribuir para uma mobilidade mais sustentável na cidade de Lisboa através de ações concretas, com as quais as empresas se comprometem, em interação com a CML, os seus colaboradores, fornecedores e clientes. Através da adoção de novas medidas, comportamentos e soluções, em cooperação com o poder local, o PMEL irá estimular ações que visem otimizar e descarbonizar as operações e as frotas das diferentes entidades, promover a diversificação e integração do mix modal, e promover o crescimento do uso de transporte multimodal coletivo e inclusivo.

Objetivos

O objetivo do Pacto de Mobilidade Empresarial para a Cidade de Lisboa é estimular o papel das empresas para uma mobilidade mais:

  • Ecológica: contribuir para a redução das emissões de CO2 (pelo menos 50% de redução em 2030, em comparação com os níveis de 1990), bem como reduzir gases poluentes e melhorar a qualidade do ar;
  • Inclusiva: estimular o desenvolvimento de planos de mobilidade que visem providenciar a todos os colaboradores das empresas aderentes ao PMEL soluções de mobilidade sustentáveis e acessíveis;
  • Eficiente: promover parcerias, incentivos e plataformas digitais que permitam a todos os mencionados colaboradores ter tempos de viagem casa-trabalho mais curtos, com maior conforto e menos despesa;
  • Segura: promover comportamentos seguros e responsáveis, alinhados com as políticas públicas, e com o objetivo “zero mortos”.

Entidades aderentes

Download do Pacto de Mobilidade
Compromissos Entidades Signatárias

Notícias

57 empresas comprometem-se com o Pacto de Mobilidade para Lisboa

– BCSD Portugal

12.2019

Mais 20 empresas aderem ao Pacto de Mobilidade Empresarial para Lisboa

– BCSD Portugal

02.2020

Empresas prometem ajudar empregados a deixar o carro em casa

– O Público

12.2019

Pacto de mobilidade empresarial para Lisboa atrai mais 20 empresas

– Jornal Económico

02.2020

Mais 20 empresas aderem ao Pacto de Mobilidade Empresarial

– Diário de Notícias

02.2020

Mais 20 empresas aderem ao Pacto de Mobilidade para a Cidade de Lisboa

– Ambiente Magazine

02.2020

Empresas fazem fila para assinar Pacto de Mobilidade em Lisboa

– Capital Verde, Jornal ECO

01.2020

Testemunhos

“O Pacto de Mobilidade Empresarial em Lisboa define o caminho para o sucesso e necessitamos que outras empresas e outras cidades do mundo utilizem este modelo para a sua própria transformação e para apoiar o crescimento inclusivo e sustentável”.

Peter Bakker, Presidente e CEO do WBCSD

“A cidade irá fornecer as condições necessárias para garantir que os compromissos serão mensurados e que o diálogo continue”.

Miguel Gaspar, Vereador da Mobilidade, Segurança, Economia e Inovação da Câmara Municipal de Lisboa

“A transformação faz-se com persistência e com coerência, e Lisboa dá-nos um bom exemplo de ambas, quando a Câmara mantém a agenda que definiu para si própria, e quando a Câmara, as empresas e o WBCSD são capazes de materializar no presente, aquilo que já foi só uma visão de longo prazo”.

Vasco de Mello, Presidente e CEO da Brisa

“Enquanto líderes de algumas das empresas mais sustentáveis do mundo, devemos intensificar os esforços e trabalhar com outras empresas, clientes, cadeias de valor e cidades, de forma a alavancar o desenvolvimento de soluções concretas e alcançar a transformação da mobilidade sustentável”.

António Mexia, CEO da EDP

“Dispomos da tecnologia, dos meios e do conhecimento necessário para contribuir para a descarbonização das cidades e estamos entusiasmados com a oportunidade de partilhar a nossa experiência com Lisboa e com as instituições e empresas, nomeadamente as que assinam este pacto, para tornar a mobilidade sustentável uma realidade num futuro próximo”.

António Melica, Diretor Geral de Portugal da Nissan Iberia, SA

“Temos a ambição de desenvolver Pactos de Mobilidade Empresarial noutras cidades do mundo, utilizando a cidade de Lisboa como modelo de sucesso para a colaboração público-privada”.

Peter Oosterveer, CEO da Arcadis

“É tempo de agir. O Pacto de Mobilidade Empresarial fornece às empresas colaboração, inovação e metas ambiciosas. Esses são os meios que nos ajudarão a alcançar a nossa visão de cidades sustentáveis. Liderar com a ação, agir com rapidez e foco no impacto levar-nos-á até lá”.

João Wengorovius Meneses, Secretário Geral do BCSD Portugal

Como aderir?

Caso queira saber mais informações ou aderir ao Pacto de Mobilidade Empresarial para a Cidade de Lisboa, por favor entre em contacto connosco.

Inês Amorim

Head of Operations

ines.amorim@bcsdportugal.org

Pedro Machado

Assessor do Gabinete do Vereador Miguel Gaspar, Economia e Inovação, Mobilidade e Segurança

pedro.machado@cm-lisboa.pt

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept